Essas concorrentes do concurso de beleza revelaram fatos sobre os direitos das mulheres como suas medidas

O movimento nasceu em 2015 na Argentina, onde o número de feminicídios não para de crescer.

Jessica Newton, a organizadora do concurso e ex-rainha da beleza, disse que a decisão de dedicar o evento Miss Peru deste ano à violência de gênero foi tomada para empoderar as mulheres - e que foi uma decisão fácil de fazer para todos os envolvidos.

Toque para reproduzir ou pausar GIF Toque para reproduzir ou pausar GIF youtube.com

Todo aquele que não denuncia e todo aquele que não faz nada para impedir isso é cúmplice, disse Newton por telefone de Lima.

Newton também defendeu o segmento de maiôs, amplamente percebido como o momento mais objetivante dos concursos de beleza, como uma oportunidade de enfatizar que as mulheres devem ser tratadas com respeito independentemente do que vestem.

Toque para reproduzir ou pausar GIF Toque para reproduzir ou pausar GIF youtube.com

As mulheres podem sair nuas se quiserem. Nu. É uma decisão pessoal, disse Newton. Se eu sair de maiô, sou tão decente quanto uma mulher que sai em um vestido de noite.